ID: 310 - M. BENZ/MPOLO TORINO GVA(2) ANO: 2003/2003
ModalidadeOnline
Local do leilãoAV. INDIANÓPOLIS, 2.029 - SÃO PAULO/SP
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça04/09/19 15:0009/09/19 15:00R$ 33.000,00
2ª Praça09/09/19 15:0030/09/19 15:00R$ 16.500,00

PAGAMENTO E CONDIÇÕES DE VENDA:O arrematante efetuará o pagamento à vista. O depósito deve ser efetuado no prazo de até 24hrs do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial remetido ao R. Juízo do processo.

COMISSÃO:A comissão devida ao Gestor será de5%sobre o valor da arrematação, comissão esta não incluída no valor do lance vencedor (artigo 17 do Provimento CSM n. 1625/2009), que será paga pelo arrematante no prazo de 24 horas do encerramento do leilão através de DOC/TED na conta do gestor a ser indicada. Após assinatura do auto de arrematação pelo arrematante e magistrado, a comissão será devida ao leiloeiro, mesmo nas hipóteses de acordo, pagamento ou remição nos autos.

20ª CENTRAL - número do lote: 1

  • 20ª CENTRAL
StatusAGUARDE
Maior Lance
Usuário
Avaliação33.000,00
Lance mínimo33.000,00
Incremento100,00
Visitas32
Área de lances

BENS:M.BENZ/MPOLO TORINO GVA, Placa JWW-3966, Cor Azul, Ano/Modelo: 2003/2003 eM.BENZ/MPOLO TORINO GVA, Placa JWW-3896, Cor Azul, Ano/Modelo: 2003/2003 avaliados em R$ 33.000,00.Localização:Travessa Otavio Marques, 66 Vila Eldizia – Santo André/SP (endereço do executado, não foi constatado nos autos se o veículo se encontra nesse endereço). Fiel Depositário: O executado/possuidor Empresa Urbana Santo André Ltda. Os bens serão vendidos no estado de conservação em que se encontram, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação judicial eletrônica.

ÔNUS:Não constam nos autos causa ou recurso pendente de julgamento.

PAGAMENTO E CONDIÇÕES DE VENDA:O arrematante efetuará o pagamento à vista. O depósito deve ser efetuado no prazo de até 24hrs do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial remetido ao R. Juízo do processo.

COMISSÃO:A comissão devida ao Gestor será de5%sobre o valor da arrematação, comissão esta não incluída no valor do lance vencedor (artigo 17 do Provimento CSM n. 1625/2009), que será paga pelo arrematante no prazo de 24 horas do encerramento do leilão através de DOC/TED na conta do gestor a ser indicada. Após assinatura do auto de arrematação pelo arrematante e magistrado, a comissão será devida ao leiloeiro, mesmo nas hipóteses de acordo, pagamento ou remição nos autos.

Remetido ao DJE 
Relação: 0268/2019 Teor do ato: Fls. 170/176. Indefiro o pedido da executada, eis que, como muito bem observado pela exequente, as questões novamente trazidas na manifestação de fls. 170/176 já foram analisadas quando do pronunciamento de fls. 97/98, portanto, nada a deliberar sobre isso. Fl. 162. Ciência à executada. Nos termos pronunciamento de fl. 160, defiro a venda por meio de leilão eletrônico. Para o leilão eletrônico, nomeio como gestor BV LEILÕES (leiloeira responsável Renata Franklin Simões), e fixo a comissão do leiloeiro em 5% sobre o valor da transação, sendo que ela será suportada pelo adquirente. À empresa gestora incumbirá não só a condução da venda no meio eletrônico, mas também a prática dos atos preparatórios necessários, sem interferência e participação do ofício judicial. Tanto é assim que o artigo 10º do Provimento CSM 1625/2009 prevê que o gestor suportará as custas e se encarregará da divulgação da alienação, observando as disposições legais e as determinações judiciais a respeito. Em suma, no leilão eletrônico, compete à gestora, na condição de leiloeira, observar os deveres especificados no artigo 884 do Código de Processo Civil, os prazos e as exigências legais de validade do leilão previstas em lei, especialmente nos artigos 886 e 903 do CPC. Atua, porém, sem participação direta do ofício judicial. Assim, cabe ao gestor expedir o edital de leilão, levá-lo à publicação no prazo legal, divulgar o leilão pelos meios adequados, eletrônicos e escritos, inclusive, elaborar os projetos multimídia, implantar os sistemas de leilão eletrônico na rede mundial de computadores na sua totalidade (cf. art. 26, do Provimento CSM nº 1625/2009). Outrossim, está a gestora obrigada a informar nos autos a prática dos atos de sua incumbência, de forma a possibilitar controle da regularidade formal da venda pelo juízo e pelas partes. São estas atividades que justificam a remuneração recebida pela gestora, nos moldes do artigo 17 do Provimento antes mencionado. Caberá ao ofício judicial e ao juiz, tão somente, a conferência e a assinatura do auto de arrematação, também este lavrado pela gestora. Providencie-se a atualização da dívida antes da primeira praça. Fica o advogado do exequente incumbido de tomar as providências pertinentes para dar ciência ao leiloeiro sobre este pronunciamento. Intime-se. Advogados(s): Walter Roberto Lodi Hee (OAB 104358/SP), Daniel de Souza Goes (OAB 117548/SP), Walter Roberto Hee (OAB 29484/SP)

Compartilhe este lote nas suas mídias sociais

Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances