ID: 47 - LOTE 1 - M.BENZ L1620 VERMELHA / ANO:1998
ModalidadeOnline
Local do leilãoAV. INDIANÓPOLIS, 2.029 - INDIANÓPOLIS - SÃO PAULO/SP
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça06/11/17 14:0009/11/17 14:00Encerrado
2ª Praça09/11/17 14:0029/11/17 14:00R$ 21.661,00

PAGAMENTO E CONDIÇÕES DE VENDA:O arrematante efetuará o pagamento à vista.Pagamento à vista:O depósito deve ser efetuado no prazo de até 24hrs do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial remetido ao R. Juízo do processo. 

COMISSÃO:A comissão devida ao Gestor será de 5% sobre o valor da arrematação, comissão esta não incluída no valor do lance vencedor (artigo 17 do Provimento CSM n. 1625/2009), que será paga pelo arrematante, e não será devolvida nenhuma hipótese, salvo se a arrematação for desfeita por determinação judicial ou por razões alheias à vontade do arrematante e, deduzidas as despesas incorridas. A comissão deverá ser paga através de boleto bancário que será enviado por e.mail após o final do leilão.

3ª VARA CÍVEL FÓRUM TATUAPÉ - número do lote: 01

  • 3ª VARA CÍVEL FÓRUM TATUAPÉ
Status06 Dias
Maior Lance
Usuário
Lance mínimo21.661,00
Incremento500,00
Visitas780
Área de lances

LOTE 1:VEÍCULO M.BENZ L 1620, Ano/Modelo: 1998, Cor: Vermelha, Placa: COY 5919, RENAVAN: 00702493619, em uso.Avaliação:R$ 36.000,00 (Abril/2017).Localização dos bens:Rua Professor Ulpiano Pinto de Souza, nº 109 – Jardim Andaraí, São Paulo/SP – CEP: 02167-050.Fiel Depositário:Nilton Brasolin Cardoso, RG nº 7.404.424.Os bens serão vendidos no estado de conservação em que se encontram, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação judicial eletrônica.

PAGAMENTO E CONDIÇÕES DE VENDA:O arrematante efetuará o pagamento à vista.Pagamento à vista:O depósito deve ser efetuado no prazo de até 24hrs do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial remetido ao R. Juízo do processo. 

COMISSÃO:A comissão devida ao Gestor será de 5% sobre o valor da arrematação, comissão esta não incluída no valor do lance vencedor (artigo 17 do Provimento CSM n. 1625/2009), que será paga pelo arrematante, e não será devolvida nenhuma hipótese, salvo se a arrematação for desfeita por determinação judicial ou por razões alheias à vontade do arrematante e, deduzidas as despesas incorridas. A comissão deverá ser paga através de boleto bancário que será enviado por e.mail após o final do leilão.

VistosFls. 351: defiro. Considerando o interesse público na solução mais rápida dos processos judiciais e, especificamente, o pagamento de credores de títulos executivos, conveniente a aplicação do artigo 881 do CPC, promovendo a alienação judicial eletrônica do(s) bem(ns) penhorado(s), nos termos do Provimento CSM nº 1625/2009, naquilo em que não ficar modificado ou explicitado pela presente decisão. Saliente-se, por oportuno, que, além da agilidade na conclusão da venda e na maior possibilidade de êxito nas arrematações, a alienação judicial eletrônica prestigia o princípio da menor gravosidade da execução com a redução das despesas processuais eis que todos os custos referentes à alienação judicial eletrônica (verificação do bem oferecido à venda, eventual dívida pendente perante os órgãos públicos, seu estado de conservação, material fotográfico, movimentação de todo sistema de acessibilidade e de segurança do site, divulgação das hastas públicas no meio eletrônico e em jornais de grande circulação, intimação de credor hipotecário e da Municipalidade ou Estado em caso de dívida pendente) serão de responsabilidade exclusiva do gestor abaixo nomeado (Provimento CSM nº 1625/2009).A remuneração para o trabalho desenvolvido pelo gestor fica desde já fixada em 5% do valor da arrematação, a qual não está incluída no valor da oferta vencedora (artigo 17 do Provimento CSM nº 1625/2009).Deverão constar no edital de divulgação da venda pública eletrônica, sob pena de nulidade, todos os requisitos legais do artigo 886 do CPC, com destaque para eventuais recursos pendentes de julgamento, ônus, gravames, bem como créditos hipotecários e dívidas fiscais sobre o bem ofertado, além de esclarecer que correrão por conta exclusiva do arrematante as despesas gerais relativas à desmontagem, transporte e transferência patrimonial dos bens arrematados (artigo 24 do Provimento). Tendo em vista que o credor não optou pela adjudicação (art. 876 do CPC), ele pode participar das hastas públicas e pregões, na forma da lei e igualdade de condições, dispensando-se a exibição do preço, até o valor atualizado do débito, depositando, contudo, o valor excedente, no prazo do artigo 19 do Provimento mencionado.Ressalte-se, ainda, que, caso arremate o bem, o credor deve pagar o valor da comissão do gestor, na forma antes mencionada, que não será considerada despesa processual para fins de ressarcimento pelo executado. Até cinco dias antes da realização do primeiro pregão - no qual não serão aceitos lanços inferiores ao da avaliação (fls. 314) - caberá ao exequente apresentar diretamente ao gestor - e não ao forum - o cálculo atualizado do débito.Em segundo pregão não serão admitidos lanços inferiores a 60% (sessenta por cento) do valor da avaliação (atualizada pelos índices adotados pelo TJSP, desde o laudo), na forma do artigo 13 do Provimento CSM nº 1625/2009. O segundo pregão se estenderá por no mínimo vinte dias até o prazo para a finalização do ato, como definido em edital, sempre observado o prazo abaixo determinado para a finalização do ato. O arrematante terá o prazo de 24 horas para realizar os depósitos judiciais das guias emitidas automaticamente pelo sistema eletrônico após a aceitação do lance (artigos 18 e 19 do aludido Provimento).Nos moldes do art. 20 do Prov. 1625/2009, o auto de arrematação somente será assinado pelo Juiz de Direito após a efetiva comprovação do pagamento integral do valor da arrematação e da comissão, aplicando-se o artigo 21 do aludido provimento na hipótese de não pagamento.Por fim, observando o Comunicado CG nº 926/2009, que traz a listagem das entidades credenciadas pelo Egrégio Tribunal de Justiça de São Paulo, para realização do leilão eletrônico, nomeio para atuar nestes autos aBV LEILÕESindicada a fls. 323, que deverá ser contatada para as providências necessárias à realização da alienação judicial eletrônica do bem penhorado nos autos.Fixo prazo de 90 (noventa) dias para a conclusão de todo o ato processual, a partir da intimação da entidade credenciada (via e-mail).Tão logo informadas as datas da hasta, intime-se o executado, via ato ordinatório.

Compartilhe este lote nas suas mídias sociais

Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances